quarta-feira, 22 de setembro de 2010

MPA - Formação a Distância de Técnicos de Pesca e Aquicultura

Um projeto inédito chega a todo o Brasil para formar técnicos em pesca e em aqüicultura. O Ministério da Pesca, o Instituto Técnico Federal do Paraná e o Ministério da Educação passam a realizar a partir deste mês cursos para formação profissional, mas com um diferencial, a formação será à distância, com teleaula em telecentros montados pelo Ministério da Pesca em todo o Brasil. Inicialmente 50 telecentros vão transmitir as aulas a 2.000 alunos, sendo 1.000 de cada especialidade, nos 26 estados brasileiros.O lançamento nacional aconteceu em Curitiba dia 15/09, com a presença do ministro da Pesca, Altemir Gregolin.

Palestrando para todos os pontos do país por teleaula, o ministro da Pesca ressaltou a importância de mais este projeto para a formação dos professores. “Até 2003, os pescadores não se sentiam contemplados, acabavam se desestimulando. Hoje nós projetamos os cursos de acordo com a realidade e aí estamos alfabetizando pescadores e agora formando técnicos”, destacou o ministro ao dizer que em 8 anos, o Ministério da Pesca formou 130 mil pescadores.

No nível técnico eram 5 cursos há oito anos, e hoje são 72, que se somam a este agora por teleaula. “Hoje estamos inaugurando um novo instrumento de educação, o que para a pesca e para a aqüicultura é mais um exemplo da revolução que estamos fazendo na formação deste setor”, enfatizou Gregolin.

O curso terá duração de 2.400 horas e será ministrado durante dois anos, o investimento do Ministério da Pesca será de R$4 milhões. O primeiro passo agora é seleção dos interessados e a formação das turmas. A idéia dos órgãos integrantes é que nos próximos anos as vagas sejam ampliadas em todo o país. A meta é formar profissionais tanto para o mercado de trabalho quanto para qualificar a produção e todos os processos na pesca e na aqüicultura. Os estudantes sairão formados em ensino médio e como técnicos da área. O conhecimento irá desde construções, qualidade da água, legislação, administração e economia, até modalidades de pesca, cartografia, navegação, processamento, controle e qualidade do pescado e contabilidade e marketing.

Fonte: MPA

3 comentários:

  1. Gostei muito do seu blog (;
    Me ajudou a fazer trabalhos escolares , sobre o meu curso técnico , pois faço técnico de Pesca no ES , em Piúma e aqui na região e no Instituto Federal (IFES)só tem esses dois cursos aquicultura e pesca , o qual eu faço , muito obrigado , valeu a ajuda e continue postando (:POSTANDO ,
    Bjbj :**

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Vandréia! Já terminou o curso? sds MD.

      Excluir
  2. Vandréia, uma equipe que trabalha conosco esteve semana passada em tua escola, veja só e acompanhe o blog deste trabalho!

    http://pesca-artesanal-campos.blogspot.com.br/2012/06/visita-ao-ifes-piuma.html

    sds
    MD

    ResponderExcluir

As postagens mais populares da última semana: